Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

 

O estado da arte é conhecido: o Paquistão tem armas nucleares, uma disputa histórica com a potência regional (Índia) e alberga um conjunto alargado de grupos terroristas sem qualquer controlo e que operam no Afeganistão à vontade, atacam no Irão com regularidade e recrutam nos vizinhos Uzbequistão e Tajiquistão. Sejamos claros de uma vez por todas: o Paquistão é a prioridade da estratégia da NATO, em particular da Administração Obama. Sem assumir isto, é difícil inverter a crescente descrença da opinião pública norte-americana sobre os benefícios da frente afegã, oito anos após o 11 de Setembro. Não é possível continuar a investir 1 dólar no Paquistão por cada 20 no Afeganistão.
 
Em seguida, seria razoável encontrar um meio-termo entre as exigências das chefias militares – como o recente apelo do general McChrystal ao envio de mais 40 mil tropas para o terreno – e a retirada pura e simples proposta pela “rua” norte-americana. Assim, é imprescindível acelerar o treino de tropas e polícias afegãos para colmatar a falta de 250 mil homens, investir nas economias locais tirando a opção de vida terrorista aos mais novos, apoiar o exército paquistanês nas zonas fronteiriças, regionalizar a solução, chamando a Rússia, a índia e o Irão a preencher vazios que a generalidade dos europeus já não está disposta a assumir. Calendarizar todos estes passos é aquilo que Obama tem de ser capaz, caso contrário cai o argumento da “guerra necessária”. Porque também as há. 
 
Hoje, no i.


publicado por Bernardo Pires de Lima às 18:05 | link do post

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds