Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

Hoje, no Edição internacional da Renascença, vou estar com o investigador do ICS, Andrés Malamud, e o jornalista cubano Miguel Rivero, a debater a libertação dos presos em Cuba, a teia de escândalos em que Sarkozy está envolvido e a troca de espiões entre Rússia e EUA. É, como sempre, às 23.30.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 16:20 | link do post | comentar

Terça-feira, 13 de Julho de 2010

Eu, ao contrário do meu amigo João Galamba, não tenho certezas absolutas, mas, confesso, tenho muitas saudades de as ter.



publicado por Pedro Marques Lopes às 15:06 | link do post | comentar

Mas claro que o discurso sobre os «independentes subsidiados», mascarado de indignação fiscal, é apenas o arremesso filisteu do costume. O velho ódio à cultura. O que a direita dogmática e a esquerda analfabeta querem é que tudo o que não dê lucro acabe de vez. Fazem-se de cosmopolitas, mas são uns taberneiros.

 




publicado por Pedro Marques Lopes às 00:24 | link do post | comentar

O ordenado mensal do Pereirinha a época passada. Apesar de tudo, muito aquém da Fátima Lopes.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 00:03 | link do post | comentar

Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

O número de equipas europeias campeãs do mundo nos últimos quatro mundiais.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 23:58 | link do post | comentar

O número de agências de viagens licenciadas em Portugal.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 23:56 | link do post | comentar

Domingo, 11 de Julho de 2010

As jornadas parlamentares foram um momento revelador do actual estado de desorientação dos socialistas.

Ao mesmo tempo que se verberava contra um imaginário neo-liberalismo do PSD e se apelava a um entendimento com a extrema esquerda, o Governo anunciava que nas novas privatizações não haveria golden share, que se iriam retirar benefícios sociais aos mais carenciados, e reafirmava-se o fim das deduções em sede de saúde e educação. Ou seja, às segundas, quartas e sextas temos um PS a encostar à esquerda; às terças, quintas e sábados, um PS, segundo os seus próprios conceitos, neo-liberal.

 

DN de hoje



publicado por Pedro Marques Lopes às 21:27 | link do post | comentar



publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:07 | link do post | comentar

Sábado, 10 de Julho de 2010

Conclusão: no Brasil o português está a ser substituído pelo castelhano.

Outra possível conclusão: deve ser exercida a golden-share para que o português não seja substituído como língua oficial do Brasil.

Mais conclusões: devem ser, desde já, proibidas as escolas de Inglês, Francês, Espanhol, Alemão em Portugal porque pode haver o risco de perdermos a língua.

Tenho mesmo de parar porque já me falta o ar.



publicado por Pedro Marques Lopes às 14:21 | link do post | comentar

 

Black Light (2010)

Groove Armada



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:54 | link do post | comentar

Sexta-feira, 9 de Julho de 2010

“Há muitos anos que a Espanha tenta, no Brasil, substituir o português pelo castelhano”.

Santana Lopes na RTPN



publicado por Pedro Marques Lopes às 21:18 | link do post | comentar

Quinta-feira, 8 de Julho de 2010

Subscrevo palavra por palavra o que o Pedro Adão e Silva disse sobre o encerramento do RCP e sobre a rádio em geral. Não sou capaz de dizer mais nada.

Apenas quero enviar, também, um grande abraço aos grandes profissionais com quem lá trabalhei.



publicado por Pedro Marques Lopes às 17:01 | link do post | comentar

O Mike Bordin e o Sean Kinney são, para mim, dois dos maiores bateristas de todos os tempos. Se aquela função do MEO que isola os jogador fosse aplicada em concerto e espelhada num só écran gigante, eu já tinha o dia de hoje ganho.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:52 | link do post | comentar

 

 

A última vez que os vi foi no Coliseu em 1997. Depois disso desapareceram.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:32 | link do post | comentar

Isto dos festivais é uma coisa muito engraçada mas ainda não me conseguiram explicar como é que eu hoje vou ver os Kasabian e os XX ao mesmo tempo. E amanhã os Preachers e os Gossip.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:30 | link do post | comentar

O Óscar era jogador. Apesar de raçudo e trabalhador, era tudo menos tosco. Era uma espécie de Oceano, cabo-verdiano como ele, mas mais habilidoso.


DN de hoje



publicado por Pedro Marques Lopes às 10:40 | link do post | comentar

Quarta-feira, 7 de Julho de 2010

 

Nunca esquecer



publicado por Pedro Marques Lopes às 16:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 6 de Julho de 2010

These Demand Siders have very high I.Q.’s, but they seem to be strangers to doubt and modesty. They have total faith in their models. But all schools of economic thought have taken their lumps over the past few years. Are you really willing to risk national insolvency on the basis of a model?

Moreover, the Demand Siders write as if everybody who disagrees with them is immoral or a moron. But, in fact, many prize-festooned economists do not support another stimulus. Most European leaders and central bankers think it’s time to begin reducing debt, not increasing it — as do many economists at the international economic institutions. Are you sure your theorists are right and theirs are wrong?

The Demand Siders don’t have a good explanation for the past two years. There is no way to know for sure how well the last stimulus worked because we don’t know what would have happened without it. But it is certainly true that the fiscal spigots have been wide open. The U.S. and most other countries have run up huge, historic deficits. And while this has helped save public-sector jobs, we certainly haven’t seen much private-sector job growth. It could be that government spending is a weak lever to counter economic cycles. Maybe monetary policy is the only strong tool we have.

 

David Brooks



publicado por Pedro Marques Lopes às 17:34 | link do post | comentar

Este semestre vai ser particularmente complicado para a UE. A presidência rotativa cabe à Bélgica, um país em cacos e a tentar dotar as suas regiões de mais poder à custa do centro, ainda por cima numa União em dificuldades e que tenta dotar o centro de maior poder à custa dos estados. Deve ser uma mistura explosiva. Além disso, com um governo em formação sabe-se lá para quando, a Bélgica tentará que o seu Rompuy tenha um protagonismo acrescido perante o vazio político belga. Esperemos que os choques não superem os da presidência espanhola.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:46 | link do post | comentar

Esta coisa de blindar transferências de jogadores entre grandes ultrapassa-me. Se o Porto paga por um jogador do Sporting mais que um clube estrangeiro, que assim seja. Eu também gostava de poder contratar livremente o Ramirez, o Meireles e o Bruno Alves sem dar de caras com essas cláusulas. Os jogadores, que supostamente serão símbolos, só têm de arcar com as consequências disso: ou querem continuar a ser adorados pelo clube que tudo lhe deu ou simplesmente não o querem. Tottis, Del Pieros, Zanettis e Maldinis são tão poucos que mete pena tentar compará-los a outros. Daqui a 100 anos serão os únicos a serem lembrados. O resto é lixo.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:51 | link do post | comentar

Domingo, 4 de Julho de 2010

 

Só hoje descobri que morreu o Manute Bol. Isto sim é um choque.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:21 | link do post | comentar

Sobre a venda de joão moutinho, tenho visto dois argumentos dos Sportinguistas com os quais discordo frontalmente. Um é que é um mau negócio para o Sporting. Vejamos: onze milhões, mais uma percentagem em venda futura de um jogador que está há três anos a mais em Alvalade sem criar mais-valia nenhuma, é um bom negócio e o Sporting precisa de dinheiro. Se vier o Nuno André Coelho, pode-se vender o Polga, que está também a mais, gasta muito dinheiro em fraldas cada vez que entra em campo e tem mercado no Brasil.

O outro é que moutinho é um “símbolo do Sporting”. Símbolo? Do quê? De gostar de ficar em 2º no campeonato e ganhar umas taças no Jamor? Da cultura de meninos mimados que a academia tem fomentando ao longo dos últimos anos? Da entrega da braçadeira de capitão a quem não tem sequer voz para mandar um berro no balneário ao intervalo? Moutinho é o símbolo do que o Sporting não deve ser. Daqui a vinte anos ninguém em Alvalade se vai lembrar dele. Eu tenho a certeza que daqui a vinte vou ter mais saudades do Aldo Pedro Duscher – que me deu tudo e não pediu nada em troca – do que deste puto. Vai e não voltes.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:04 | link do post | comentar



publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:02 | link do post | comentar

Sábado, 3 de Julho de 2010

Quando se quer à força que a nossa tese tenha validade, acabamos por esbarrar nos factos e vai tudo pelo cano abaixo. Para quem via um mundial sem europeus, as meias-finais acabaram subitamente com a profecia da desgraça. Também ficou mostrado que as analogias entre a política e o futebol são tão patéticas como derramar uma lágrima por Moutinho.  



publicado por Bernardo Pires de Lima às 21:22 | link do post | comentar

Bang goes the Knighthood (2010)

The Divine Comedy



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:35 | link do post | comentar

Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

Oliveira Salazar também não deixou entrar a Coca-Cola em Portugal, dizia que era para proteger a indústria nacional.



publicado por Pedro Marques Lopes às 16:46 | link do post | comentar

O Presidente da República bem tinha dito que a situação era insustentável, mas, claro, ninguém acreditou. Até eu, pessimista encartado com certificado reconhecido pelo notário, me entusiasmei com os sete aos norte-coreanos e me deixei embalar pelo samba enredo que os nossos jogadores tocaram em conjunto com os brasucas.

 

Dn de hoje



publicado por Pedro Marques Lopes às 12:42 | link do post | comentar

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds