Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

The greater Middle East represents a big challenge for the Atlantic Alliance. Afghanistan, Iraq, Iran’s nuclear ambitions and the Israeli-Palestinian conflict, are all issues of great concern for the allies. The question is: Does NATO have the right approach to deal with all these different scenarios?

 

Do meu artigo deste mês na Majalla Magazine.


tags:

publicado por Bernardo Pires de Lima às 23:47 | link do post | comentar

O "trem-bala" será construído com essa dimensão? A questão é outra: promessas destas que passam sem escândalo revelam a euforia que o Brasil vive.

 

Ferreira Fernandes



publicado por Bernardo Pires de Lima às 16:48 | link do post | comentar

Ainda bem que tocas neste assunto, Pedro. Sempre achei que havia qualquer coisa de azeite galo nos U2: a sensação que estão a cantar a mesma música desde 1980.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 16:08 | link do post | comentar

 

Como se não bastassem as medidas de austeridade, ainda temos de aguentar os inenarráveis U2. É demais.

 



publicado por Pedro Marques Lopes às 15:03 | link do post | comentar

LINDO



publicado por Pedro Marques Lopes às 00:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

A candidatura de Portugal a membro não-permanente do Conselho de Segurança pode ser vista de duas perspectivas. Se atendermos à valorização das Nações Unidas por parte do PS (recordemos todo o debate nacional aquando da guerra do Iraque), este deveria ser um objectivo central da política externa do actual governo. A concorrência feroz aos dois lugares em disputa (Canadá e Alemanha, sendo este último praticamente certo) mereceria, assim, do orçamento para 2010 mais do que os 1,5 milhões de euros destinados à candidatura. Além disso, em Portugal, ninguém deu por qualquer envolvimento da sociedade neste objectivo estratégico, não existiu debate algum sobre o tema e, tampouco, o governo tem dado cavaco às oposições sobre o que tem feito. Verdade seja dita que as oposições também não têm feito o que lhes compete. Por outras palavras, e de acordo com esta perspectiva, a magnitude do desafio mereceria muito mais por parte deste governo, da presidência da república, das oposições, dos media e dos institutos de investigação. Se, como parece que acontecerá, ficarmos a meros 15 votos de garantir o lugar, deve haver uma prestação de contas sobre o falhanço. E, diga-se desde já, com o governo à cabeça, ninguém está verdadeiramente imune à crítica.

 

De um outro ponto de vista, podemos sustentar que 1,5 milhões de euros orçamentados são realistas face à situação do país e às expectativas da nossa diplomacia face à capacidade dos nossos dois directos concorrentes. Daí as baixas expectativas em paralelo com a ausência de debate público, o que faz com que um falhanço da nossa diplomacia não implique grandes críticas ao governo. Contudo, esta lógica reflecte duas enfermidades crónicas presentes no nosso debate político: a nulidade de discussão pública sobre as grandes questões estratégicas da nossa política externa; a completa falta de vontade política dos decisores portugueses em formular como desígnios políticos transversais algumas matérias importantes à valorização do prestígio do país no plano internacional. Luís Amado definiu há pouco tempo o debate político nacional sobre política externa de uma confrangedora pobreza. Pese embora a consideração que me merece, também ele contribuiu para ela.

 

Post originalmente publicado no Delito de Opinião. Um abraço ao Adolfo Mesquita Nunes e ao Pedro Correia.

 



publicado por Bernardo Pires de Lima às 22:09 | link do post | comentar

Estou de acordo com o meu amigo Adolfo.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 19:12 | link do post | comentar

Meu caro Manel, ou não percebeste ou não quiseste perceber. Obviamente que "o comentário é meu e apenas meu", nem sei como poderia ser de outra maneira. Mas adiante. O paradoxo que apontei no meu post parece-me evidente. Não mudo uma vírgula. Nem retirei legitimidade a outras candidaturas. Felizmente vivemos num país livre, livre o suficiente para que toda a gente possa usufruir da sua liberdade individual. Não é assim, Manel?

 



publicado por Bernardo Pires de Lima às 18:37 | link do post | comentar

Os mesmos que argumentaram ser o casamento entre pessoas do mesmo sexo um assunto irrelevante e posto a martelo na vida nacional perante tantas outras prioridades, estão agora entretidos a montar uma candidatura presidencial em volta desse mesmo tema. Afinal parece que é mesmo importante.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:23 | link do post | comentar

Terça-feira, 28 de Setembro de 2010


publicado por Pedro Marques Lopes às 19:33 | link do post | comentar

Domingo, 26 de Setembro de 2010

 

O Executivo podia-nos dizer porque é que há quatro meses os aumentos de impostos constantes do PEC II eram suficientes para cumprir as metas do défice e agora já não são. É esta uma atitude dum Governo responsável?

Podia também elucidar-nos sobre as explicações que vai dar aos nossos credores e parceiros europeus quando lhes disser que se tinha enganado e que as medidas que garantiu serem as apropriadas afinal não eram. É isto que torna um país credível?

Será que o Governo, nomeadamente o ministro Teixeira dos Santos, pensa que já nos esquecemos dos aumentos aos funcionários públicos quando já toda a gente sabia da crise que aí vinha? E que dizer daquele "pequeno" engano no cálculo do défice de 2009?

 

DN de hoje



publicado por Pedro Marques Lopes às 14:49 | link do post | comentar

 

O Manel Fúria prometeu-me, deve estar a fazer um ano, que escrevia um destes dias neste blog. Ainda não perdi a esperança.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:06 | link do post | comentar

A declaração de Passos Coelho, a respeito de não querer reunir mais com José Sócrates sem testemunhas, andam a entusiasmar meia dúzia de rapazes e raparigas. A mim não entusiasmam nada.

Foi, em grande parte, por causa das conversas da verdade e do carácter que a Dra. Ferreira Leite – acompanhada pela tal meia dúzia de luminárias  - ofereceu de mão beijada o governo do país aos socialistas.

Este tipo de berraria apenas ajuda José Sócrates.

Enquanto se falar de quem é que diz a verdade ou mente, o Governo não explica porque é que há quatro meses o aumento de impostos servia para cumprir as metas do défice e agora diz que é preciso mais carga fiscal;, porque é que não se quer diminuir a despesa pública; porque é que as empresas, institutos, fundações e demais instituições públicas esbanjam dinheiro; para que se quer ainda afundar mais a classe média com mais e mais impostos; porque é que um Ministro das Finanças que não acerta uma, continua com a pasta.

Estas é que são as coisas que interessam aos portugueses, estes é que são os assuntos sobre os quais o PSD tem de falar, o resto é folclore.



publicado por Pedro Marques Lopes às 01:43 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24 de Setembro de 2010

José Sócrates está nos EUA. Numa conferência dada na Universidade de Columbia, parece que o primeiro ministro respondeu a perguntas de estudantes e terá provocado alguma agitação na plateia quando se definiu como um político "socialista". Segundo o DN, José Sócrates tratou logo de clarificar que um "socialista" na Europa "é o que nos Estados Unidos se chama um liberal democrata".



publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:16 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010


publicado por Bernardo Pires de Lima às 18:04 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010

Vejo algum alarido com a colocação do Francisco Ribeiro de Menezes como embaixador em Estocolmo, depois de ter sido chefe de gabinete de Jaime Gama e Luís Amado. Primeiro ponto: que todos os ministros deste país tivessem o Francisco como chefe de gabinete. Muita coisa correria melhor. Segundo ponto: que todos os embaixadores tivessem a inteligência e as qualidades diplomáticas do Francisco Ribeiro de Menezes. O país estaria muitíssimo melhor representado no exterior. O resto é conversa.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 23:32 | link do post | comentar

Hoje, na Edição Internacional da Renascença, estarão em análise as eleições suecas, o crescimento dos partidos de extrema-direita na Europa e a Cimeira da ONU dedicada aos objectivos do milénio. Às 23.30. Apareçam.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 19:02 | link do post | comentar

Interessante a iniciativa conjunta entre a Fundação Adenauer e o CDS, na próxima 6ª, 24 de Setembro, na Biblioteca da Assembleia da República, sobre a Cimeira da NATO em Lisboa. Começa às 15 e terá como oradores, entre outros, o ex-ministro da Defesa alemão, Volker Ruhe, o conselheiro diplomático de Durão Barroso, João Marques de Almeida, o ex-ministro da Defesa espanhol, Eduardo Serra, ou Lívia Franco, professora e investigador da Universidade Católica.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 17:01 | link do post | comentar

Terça-feira, 21 de Setembro de 2010

Deve haver uma gralha qualquer nesta notícia. O homem que diz que há “um alheamento de Portugal relativamente à exploração do mar" não é, com certeza, o mesmo que foi primeiro-ministro durante 12 anos. Pronto, está bem: lembrou-se agora.



publicado por Pedro Marques Lopes às 17:14 | link do post | comentar

A SIC-N está a fazer um directo da conferência de imprensa do Vítor Pereira, o rei dos árbitros. Em power point, o artista fala do peso e da altura média dos ditos. Um grande momento televisivo.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 16:13 | link do post | comentar

O professor Cavaco é um político profissional, experiente e sábio. Mas levar ao extremo esta política do recado torna-se cansativo. É como aquelas pessoas que todos os dias deixam um post-it na porta do frigorífico. Às tantas já ninguém os lê.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:21 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010

Estou revoltado com a saída de Manuel Carrilho da UNESCO.

Às tantas ainda regressa a Portugal.



publicado por Pedro Marques Lopes às 17:04 | link do post | comentar

Domingo, 19 de Setembro de 2010


publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:08 | link do post | comentar

Sábado, 18 de Setembro de 2010



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:45 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Os portugueses, no mínimo, questionam-se. No máximo, desligam o televisor. No limite, desligam-se de vez da política. No centro-direita, o entretenimento oscila entre o texto constitucional e uma putativa candidatura presidencial quem nem encher uma churrasqueira consegue. Isto está bonito, está.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 20:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

Hoje, no regresso do Edição Internacional da Renascença, estarei com Ana Santos Pinto (IPRI-UNL) a debater o crescimento do Tea Party e o processo de paz no Médio Oriente. Terão ainda uma atenção especial os principais eventos internacionais deste último trimestre de 2010. Às 23.30h, como habitualmente.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 20:47 | link do post | comentar

O União de Facto acaba de ter acesso ao comunicado do Hapoel Tel Aviv depois do que aconteceu ontem no jogo da Luz. Graças a uma tradução exemplar para o português e inspirado em comunicados que começam a fazer escola, reproduzimo-lo na íntegra aqui.

 

 

Comunicado do Plenário dos Órgãos Sociais do Hapoel Tel Aviv

 

Há momentos que exigem ponderação de análise e firmeza na acção. No Hapoel Tel Aviv nunca defendemos condições de privilégio, o que sempre reclamámos na nossa história foi igualdade de tratamento, isenção no momento de tomar decisões e verdade.

 

Ontem, em jogo no estádio da Luz, perante a evidência de tantos erros em tão pouco tempo, a esperança de uma Liga dos Campeões séria ainda não morreu, mas foi fortemente atingida. Aceitar com ligeireza o que se passou neste início de competição é negar o óbvio e pactuar com a mentira.

 

A falta de credibilidade que está a atingir a arbitragem enfraquece o futebol e só quem não está preocupado com o futebol pode estar satisfeito com a presente situação. Não é ilibando, nem protegendo aqueles que reiteradamente erram que se protege o futebol. Há quem veja e queira fazer-se de cego. A esses, essa cegueira tem de custar-lhes caro.

 

Assim, os órgãos sociais do Hapoel Tel Aviv decidiram:

 

1. Solicitar à comunicação social que, fazendo o seu trabalho, denuncie quem adultera as regras. Que investigue as notas que alguns observadores têm atribuído a algumas actuações de árbitros. Que compare aquilo que sucedeu no campo com a nota posteriormente atribuída.

2. Declarar o presidente da UEFA, Michel Platini, “persona non grata” pelo trabalho que prestou à maior competição europeia de clubes e que branqueia o comportamento daqueles que adulteram a verdade desportiva.

 

Tel Aviv, 15 de Setembro de 2010.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:46 | link do post | comentar

Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

 

Hoje, este blog é completamente pró Israel



publicado por Pedro Marques Lopes às 18:39 | link do post | comentar

Quem diria que o Sr. Presidente é apreciador de músicas do tempo do PREC. Sempre a surpreender-nos.



publicado por Pedro Marques Lopes às 18:05 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

Uma espécie de associação nacional do comentário, reforçada por importantes figuras políticas, decretou que o Orçamento vai passar. Assume-se, assim, que a mais importante discussão política do novo ano parlamentar não vai passar duma brincadeira, ou faz parte dum jogo em que questões relevantes para os portugueses serão tratadas como meras jogadas politiqueiras.

 

DN de hoje



publicado por Pedro Marques Lopes às 10:28 | link do post | comentar

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds