Quinta-feira, 24 de Março de 2011



publicado por Francisco Teixeira às 16:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

A cimeira europeia "decisiva" e "determinante" de hoje e amanhã, como nos tem sido vendida à exaustão, afinal não vai decidir nada. Os líderes europeus adiaram para o final de Junho a mudança do tal fundo, para nós de salvação nacional. Sócrates, digo eu, sabia-o e precipitou a crise. Com a dissolução do Parlamento passará a ideia de que foi a oposição que nos levou ao resgate internacional e não a estratégia da "sobrevivência sem sentido" que tem sido aplicada há demasiado tempo. Pelo meio soube-se que o défice de 2010 tem mais buracos do que um queijo suiço e que está em risco a colocação no mercado de praticamente 5 mil milhões de euros, a 15 de Junho. Teremos eleições no máximo a 29 de Maio e o próximo Governo tomará posse em meados de Junho, com um País ou resgatado ou em vias de o ser. Se Sócrates ganhar as eleições culpará a oposição pelo resgate, se Passos ganhar leva logo com uma bomba relógio.



publicado por Francisco Teixeira às 00:34 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Quarta-feira, 23 de Março de 2011

'It is U.S. policy that Gadhafi has to go.'
-- President Barack Obama
'I think Libya needs to get rid of Gadhafi but we are responsible for trying to enforce the Security Council resolution. The Libyans will choose their own future.'
-- U.K. Prime Minister David Cameron
'We regret the air strikes that are taking place. . . I think the need of the hour is cessation of armed conflict.'
-- Indian Foreign Minister S.M. Krishna
'If the passage of command and control to NATO isn't possible, we'll have to think of a way to take control of our bases.'
-- Italian Foreign Minister Franco Frattini
'If NATO is going into operation we have some conditions.'
-- Turkish Prime Minister Recep Tayyip Erdogan



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:41 | link do post

12 Setembro de 2009

 



publicado por Francisco Teixeira às 14:04 | link do post | comentar

O Eurostat tem dúvidas sobre o défice de 2010, o tal de 8% que teve um fundo da PT e mais uns pozinhos pirlimpimpim.



publicado por Francisco Teixeira às 10:46 | link do post | comentar

Ricardo Gonçalves pediu ontem a Sócrates para sair e dar o lugar a Jaime Gama.



publicado por Francisco Teixeira às 10:45 | link do post | comentar

Terça-feira, 22 de Março de 2011

Nas últimas 24 horas falaram sobre a crise política três ex-presidentes (Soares, Sampaio, Eanes), um presidente (Cavaco), um ex-primeiro-ministro (Balsemão), cinco ex-líderes partidários (Ferro Rodrigues, Marcelo Rebelo de Sousa, Luís Filipe Menezes, Carlos Carvalhas e Ferreira Leite), vários ex-ministros (Correia de Campos, Deus Pinheiro, Capoulas Santos, Paulo Pedroso), um ex-presidente do Parlamento (Mota Amaral), dezenas de deputados, cinco ministros (Santos Silva, Vieira da Silva, Silva Pereira, Jorge Lacão, Luís Amado), todos os líderes partidários (Passos Coelho, Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã e Paulo Portas) e um primeiro-ministro. Só falta o essencial - que o povo decida - porque em campanha já estamos.



publicado por Francisco Teixeira às 23:28 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Partindo do pressuposto realista que Kadhafi vende caríssima a derrota, a coligação tende a mirrar enquanto soa mais alto a contestação à guerra. O tempo, na Líbia, é tudo.

 

Hoje no Diário de Notícias



publicado por Bernardo Pires de Lima às 16:41 | link do post

 

 

Vejo alguns discutirem a possibilidade de termos uma crise política com uma leviandade que parece que tudo se resumirá a uma campanha com umas bandeirinhas, uns debates engraçados e com um final feliz: correu-se com o Sócrates daqui para fora e constituiu-se um governo de coligação cheio de iluminados unidos em torno do objectivo comum de salvação da pátria. Parece que tudo é simples e matemático e que aconteça o que acontecer o que interessa é limpar Sócrates do espectro político português.

Infelizmente, parece-me que o cenário está longe de ser esse. Duas dúvidas me assolam: se do ponto de vista puramente político as eleições poderão ser importantes para uma clarificação da situação; do ponto de vista do país real, feito de pessoas que não ganham a vida na política, mas sim a comprar, vender, consumir, poupar, emprestar... a crise política poderá constituir uma estocada final na economia e isso terá efeitos nefastos no nosso modus vivendi durante bastante tempo.

Confesso que não tenho uma solução clara na minha cabeça, mas também não tenho responsabilidades políticas. No entanto, espero que os responsáveis políticos deste país façam essa ponderação e que se comportem acima dos seus interesses pessoais ou partidários. Mais do que birras de parte a parte, exige-se grande humildade, bom-senso e sentido de Estado.

 

Terão?



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 15:29 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21 de Março de 2011

 



publicado por Francisco Teixeira às 22:25 | link do post | comentar

...a previsão do Governo passou de um crescimento de 0.2%, em 2011, para uma recessão de 0.9%. Chegará?



publicado por Francisco Teixeira às 19:44 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Antes mesmo de terminar o sexto mês do País em recessão o próprio Governo avança, no PEC IV, com uma previsão de crescimento negativo da economia em 2011: -0.9%. E, agora, o que dirão Guilherme d'Oliveira Martins e Basílio Horta? Teixeira dos Santos foi precipitado? Ou o adjectivo só se aplica ao governador do Banco de Portugal?



publicado por Francisco Teixeira às 19:26 | link do post | comentar

 

O melhor cronista de língua portuguesa mercia ser publicado em Portugal. Vamos a isso camaradas editores



publicado por Pedro Marques Lopes às 17:55 | link do post | comentar

Esta guerra, na falta de celeridade, de poucas vítimas civis, de um mandato claro e de uma ampla vontade em ajudar uma Líbia sem Kadhafi, pode vir a dar ao coronel a chave do insucesso da coligação: "Cruzada contra o mundo árabe." Talvez por antecipação, a Liga Árabe já se tenha demarcado do estilo da missão militar. Isto pode ser mais complicado do que parece.

 

Hoje no Diário de Notícias



publicado por Bernardo Pires de Lima às 17:12 | link do post

 

Passos Coelho escreveu um comunicado, em inglês, para explicar aos mercados a posição do partido no PEC IV. Ideia-chave - eleições: "The final outcome of the process initiated with this surprise announcement could be favorable if political parties and social partners are more supportive than they have been in the last two years of a well designed program of fiscal consolidation and structural reforms. Indeed, a broad coalition for change would improve the political legitimacy of such a program as well as current market perceptions of Portugal’s risk".

 



publicado por Francisco Teixeira às 14:25 | link do post | comentar

Domingo, 20 de Março de 2011

Oito anos após o Iraque ter testado o CS e da relação transatlântica ter tremido como poucas vezes desde 1945, a Líbia pode recuperar palco político às Nações Unidas e vincar a importância das acções euro-atlânticas. Contudo, mantenho dúvidas já levantadas nesta coluna: quem são os interlocutores na oposição líbia, que garantias dão à "comunidade internacional" interessada, quem vai liderar uma intervenção militar. A Resolução 1973 ainda não dá respostas.

 

Ontem no Diário de Notícias



publicado por Bernardo Pires de Lima às 21:24 | link do post

Segunda-feira

Sócrates faz declaração ao País a partir de São Bento às 20h.

Terça-feira

Entrevista de Sócrates à SIC/SIC Noticias às 21h. Augusto Santos Silva entrevistado, às 22h, na TVI 24. Silva Pereira às 22h na RTPN.

Quarta-feira

Fernando Medina, porta-voz do PS, entrevistado pelo Etv.

Quinta-feira

Encontro de Sócrates com os deputados com um longo directo de 18 minutos, às 20h, nas três televisões. Entrevista Silva Pereira às 22h na RTP2.

Sexta-feira

Debate quinzenal no Parlamento; entrevista Augusto Santos Silva TSF/DN. Pedro Silva Pereira entrevistado na Antena1.

Sábado

Sócrates no Porto apresenta moção ao PS.

Domingo

Conselho de ministros extraordinário às 17h.



publicado por Francisco Teixeira às 15:15 | link do post | comentar



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:50 | link do post

Os melhores políticos são os que gritam mais alto; os bons colunistas são os que caluniam e insultam; os bons juízes são os que lutam contra os "poderosos", não importam as razões nem os meios; os jornalistas justos são os que atropelam todos os limites éticos.

Quem, num jantar de amigos, não chamar ao primeiro-ministro vigarista, ao líder da oposição um tipo que só quer poleiro para se "encher", os políticos, empresários, e quem mais vier à conversa um bando de corruptos e ladrões, é um ingénuo, um colaboracionista e o mais certo é também andar a roubar.

O espírito de caixa de comentários tomou conta do espaço público e ameaça todo o País.

 

DN de hoje



publicado por Pedro Marques Lopes às 13:01 | link do post | comentar

Sábado, 19 de Março de 2011

Este é o Sebastião. É meu filho.



publicado por Pedro Marques Lopes às 04:07 | link do post | comentar



publicado por Francisco Teixeira às 00:17 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 



publicado por Francisco Teixeira às 00:07 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Guterres citava a frase com frequência: podes enganar toda a gente durante algum tempo, pouca gente durante muito tempo mas não poderás enganar toda a gente durante todo o tempo. O primeiro-ministro hoje agarrou numa entrevista de António Capucho ao Diário Económico a 14 de Fevereiro para reforçar a ideia de que o PSD está a dar uma rasteira ao Governo. É politicamente desonesta esta linha de argumentação mas, neste clima de pré-campanha, basta lançar para a ventoinha ingredientes turvos para que a nuvem permaneça. O blog oficioso, aliás, já a colocou no cabeçalho. Capucho, que não representa nada no PSD de Passos Coelho (não é dirigente, não foi apoiante, já nem autarca é...) é sim conselheiro de Estado, disse que "o Governo tem de levar uma rasteira - um rasteira legal, claro! - e sair". Entre uma "cacetada nas canelas" ou uma "cotovelada nos olhos" e um "carrinho limpo" sem falta vai uma grande diferença. Capucho falava de um "carrinho limpo". Eles sabem. Nós, os informados, também.

 

P.S. Para que os demagogos da ética não venham por aí: fui eu que fiz a entrevista. 



publicado por Francisco Teixeira às 23:27 | link do post | comentar

  Se isto for verdade o que dizer da garantia do Governo de que pode negociar tudo?



publicado por Francisco Teixeira às 21:59 | link do post | comentar



publicado por Francisco Teixeira às 21:19 | link do post | comentar

"Árbitro que erre de forma grosseira levará uma queixa-crime por suspeita de corrupção"

Senhor Juiz Desembargador Abrantes Mendes, candidato à presidência do SCP.



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 11:00 | link do post | comentar

Então é assim: o PR chama o PM e o líder da oposição e diz-lhes quais são as medidas sobre que devem acordar – agora o facto de Cavaco Silva não ter sido eleito para definir políticas de governação não interessa nada. Depois marca eleições e é assim um bocado para o indiferente quem ganha.

É o regresso da política baseada na personalidade. Até já se podem fazer os cartazes: “vote em mim que eu sou um gajo porreiro”.

A última vez que me ri tanto foi quando alguém se lembrou que era possível ganhar eleições sem dizer nada.



publicado por Pedro Marques Lopes às 00:07 | link do post

Quinta-feira, 17 de Março de 2011

O número dois do PS, António Costa, está a arrasar Teixeira dos Santos na Quadratura. Fernando foi bandeira contra a crise, agora é dano colateral. Será ético? 



publicado por Francisco Teixeira às 23:12 | link do post | comentar

Durão Barroso convicto de que a democracia portuguesa encontrará uma solução para o PEC IV. Boa!



publicado por Francisco Teixeira às 23:01 | link do post | comentar

 

 



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 21:02 | link do post | comentar

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds