Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

Cavaco Silva gosta de enviar recados. Uns mais directos como aconteceu com o OE/2012, outros menos directos. Ora, na Madeira continua a reinar o regabofe. Esta semana soube-se que haverá circo com uns milhões arrecadados no crédito da 'troika' a serem gastos em luzes de Natal e num Carnaval de 2012 animado, ontem o Parlamento, pela mão do PSD, decidiu fazer tábua rasa da Constituição - um deputado do PSD passará a poder votar por 25. Senhor Presidente não lhe peço que mude de estilo, mas pelo menos um recadinho ia, não acha?



publicado por Francisco Teixeira às 10:14 | link do post | comentar

Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

E não é que a senhora está carregadinha de razão.



publicado por Pedro Marques Lopes às 17:58 | link do post | comentar

Volta Santana, estás perdoado



publicado por Pedro Marques Lopes às 16:44 | link do post | comentar



publicado por Pedro Marques Lopes às 15:58 | link do post | comentar

Desde Maio já mudaram governos em Lisboa, Atenas, Roma e Madrid. Parece que em Espanha (e Portugal) a política ainda é feita por políticos e assente num contrato misto e de dois sentidos: confiança e co-responsabilidade. É verdade que estas duas palavras se estão a esvaziar, mas acreditem que desaparecidas de vez não vamos gostar do que está à espreita.

 

Hoje no Diário de Notícias



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:12 | link do post

Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

A greve é um direito? Sim. Não fazer greve é um direito? Sim. Ficar impedido de ir trabalhar porque outros fazem greve é um dano colateral? Não. Fixar serviços mínimos é uma ilegalidade? Não.   



publicado por Francisco Teixeira às 19:09 | link do post | comentar | ver comentários (2)

"Tendo decidido promulgar este diploma, por se inscrever numa orientação que o Governo decidiu assumir enquanto órgão responsável pela política geral do País, considero, em todo o caso, que o ponto em apreço deveria ser objecto de uma reponderação por parte dos Senhores Deputados, seja pela falta de harmonia que introduz no ordenamento jurídico da segurança nacional, seja pelas consequências gravosas que pode provocar sempre que se revele necessário fazer face a situações que justificaram a declaração de estado de emergência." 

Isto aqui em cima é um extracto da mensagem do Presidente Cavaco à Assembleia da República a propósito do diploma que transfere competências dos governos civis e dos governadores civis.

Este tipo de mensagem já é um traço marcante do mandato de Cavaco Silva. Há quem lhe chame uma nova forma de encarar os poderes presidenciais, eu chamo-lhe falta de respeito pelos faculdades que foram atribuídos à Presidência da República pela Constituição.

Se o PR acha que uma norma gera falta de harmonia no ordenamento jurídico da segurança nacional e que pode trazer consequências graves em situações de emergência, porque diabo a promulga?

Não colhe a justificação de que sendo o Governo o responsável pela orientação da politica geral do país o PR deve promulgar uma lei mesmo que a considere má. Seria assim se nada pudesse fazer, mas não é o caso. O PR pode vetar e assim declarar a sua discordância, é isso que está na Constituição e foi para isso que votamos nele.

 



publicado por Pedro Marques Lopes às 14:43 | link do post | comentar

Domingo, 20 de Novembro de 2011

Entusiasmado com a simpatia dos presentes, lá veio o conselho: "As empresas privadas também devem baixar os salários." Bem visto, sim senhor. Assim a nossa economia ficava mais competitiva. Claro que existe essa chatice de as leis não o permitirem, dos patrões teimarem em querer gerir as suas empresas, mas o Jürgen não é homem para se deixar abater com pormenores. E ninguém venha com essa conversa tola de qualificar os trabalhadores, de apostar na qualidade, de aproveitar as universidades, de fazer marcas fortes, isso é para os povos mesmo bons ou muito bons. Os alemães, os holandeses, os dinamarqueses, os italianos (esses, se calhar, não). Os chineses é que devem ter ficado preocupados, às tantas vão ter de passar de uma malga de arroz por dia para meia.

 

 

DN de hoje

 

 



publicado por Pedro Marques Lopes às 18:41 | link do post | comentar



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:45 | link do post

Sábado, 19 de Novembro de 2011

Espanha vai a votos sem o fantasma da ETA pela primeira vez em democracia. Mas vai amanhã às urnas com o crivo de uma iminente ajuda externa. Não sei que será pior: se a situação do país se a falta de instrumentos europeus para um auxílio.

 

Hoje no Diário de Notícias



publicado por Bernardo Pires de Lima às 16:15 | link do post

"Sporting é o melhor clube do mundo" - Nani



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 14:54 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

baía na ilha de Gorée



publicado por Bernardo Pires de Lima às 23:24 | link do post

 praia em Joal



publicado por Bernardo Pires de Lima às 22:20 | link do post

Os pilotos da TAP, que ganham miseravelmente, além das greves querem agora bloquear a privatização da empresa. O grande líder Alberto Jardim não descobriu petróleo na Madeira mas também não quer mais taxas moderadoras ou despedir funcionários. Cavaco não quer cortar os subsídios do sector público mas também não quer cortar salários no privado. Duarte Lima foi apanhado em casa com os documentos originais do processo brasileiro que diz desconhecer. Confuso? Confuso, dizem, estão os acessos a Massamá. Isto é, apenas, o retrato de um país sem norte. Nada mais.   



publicado por Francisco Teixeira às 20:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 

 

Em Julho passado resolvemos descer e voltar a subir a costa senegalesa a sul de Dakar, praticamente até à Gâmbia. Carripana sem luxos, estrada nacional, paragens em vilas, mercados, aldeias, lotas, vendas, escolas, centros de saúde. Muita gente boa, educada, sem rancores de ou contra ninguém. Peixe maravilhoso em pescaria dominada por chineses e espanhóis. Muito arrozal mas com arroz comprado ao Paquistão e países asiáticos. Muita cor, culto do corpo e boas ondas para o surf. Tentei declarar-me, uma vez mais, mas fui subitamente ultrapassado por uma criança que, num barco a caminho de Gorée, se aproximou e disse: excusez-moi, madame, mais vous êtes très jolie.

 

 



publicado por Bernardo Pires de Lima às 19:58 | link do post

Há quem escreva parecendo um autêntico cacique sem o ser. Isto é, a permanência numa determinada barricada político-partidária termina no momento em que essa frente conquista o poder. A partir daí, o país que era um lamaçal passa a irradiar luz nunca vista; os governantes que agora dão iguais calinadas às dos antigos inimigos, passam a ser alvo de toda a condescendência. Chama-se a isto, no mínimo, desonestidade intelectual.



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:44 | link do post

Só para esclarecer algumas alminhas: o facto de gostarmos de ler alguém na imprensa portuguesa não significa que concordemos com o que habitualmente escreve. Mais: não significa sequer que gostemos dessa pessoa. Muitos dos leitores com quem falo ou me abordam não conseguem separar as duas esferas: a maneira como se escreve e o que se escreve. Tudo é pessoal. Tudo é visceral. Tudo é pequenino.  



publicado por Bernardo Pires de Lima às 14:39 | link do post

Alguém não foi avisado do reality show judicial a que assistimos ontem?



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 11:18 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Duarte Lima vai ser presente a um Juiz ou ao Juiz?



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 11:02 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Ainda não percebi se a Dra. Paula Teixeira da Cruz dá entrevistas na qualidade de Ministra da Justiça ou de Procuradora do Ministério Público...



publicado por Francisco Proença de Carvalho às 10:57 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

O PP, previsível vencedor, tem no seu programa uma recentragem atlantista e ibero-americana (e menos arabista) para a política externa e, finalmente, faz uma separação entre ela e os assuntos europeus. Assumidamente ou por mera arrumação programática, isso faz todo o sentido. Assuntos europeus não são mais política externa: são cada vez mais política interna dos estados.

 

Hoje no Diário de Notícias



publicado por Bernardo Pires de Lima às 12:58 | link do post

Tenho muitas dúvidas sobre o seu comportamento, todas elas fundadas em opiniões avulsas e formadas apenas pelo que leio e vejo. Não tenho conhecimento de nenhum facto, nem tive acesso a nenhuma informação privilegiada, tanto no caso BPN como no Feteira. Não sei se é inocente mas inclino-me para o oposto. Agora não tenho qualquer dúvida: buscas e detenção filmadas, às oito da manhã, à porta de casa do senhor por uma televisão mostram o quão lamentável momento vive a justiça. 



publicado por Francisco Teixeira às 11:31 | link do post | comentar

Marinho e Pinto tem vários méritos. É frontal, destemido e incómodo. Fosse ele um sindicalista e tinha o perfil à medida da função. De resto sobram defeitos. É bastonário de todos os advogados e adora mandar lama para a ventoinha. Mais triste do que Marinho é a classe que o elege para gozar, no sofá, as exibições do "seu" bastonário. Há duas semanas que o senhor anda de megafone na boca a insultar tudo e todos, e a denegrir tudo e todos. Um exemplo do que ouvi, no "Direito a falar", no Económicotv:

- "Há tráfico de influências no Parlamento", diz. Jorge Lacão e José Matos Correia assistem atónitos.

- Já fez alguma denúncia ao Ministério Público?

- "Estamos aqui a falar, é o que faltava não podermos falar sobre coisas graves como o tráfico de influências", responde.

 

 

Grave não é Marinho ser um animador de massas, um populista e um demagogo. Grave é ainda não ter visto um único advogado a colocar os pontos nos is. Por muito menos, Júdice foi crucificado.

 



publicado por Francisco Teixeira às 10:45 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Amanhã é quinta-feira, no Domingo existem eleições legislativas em Espanha. Tal como aconteceu a 11 de Março de 2004, uma quinta-feira a três dias de Espanha escolher um novo presidente do Governo, Mariano Rajoy lidera as sondagens (todas elas). Desta vez, ao contrário de 11 de Março de 2004, em todas as sondagens com maioria confortável. Desta vez, esperemos que sem incidentes extra-eleitorais a condicionar o voto.



publicado por Francisco Teixeira às 17:10 | link do post | comentar | ver comentários (6)



publicado por Francisco Teixeira às 15:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Que restou, então, do debate? Propostas de sanções, rigidez militar, apoios à oposição no Irão. Fim ou reavaliação da ajuda externa, inclusive aos aliados. Retirada rápida do Afeganistão ou manutenção do calendário actual. Maior exigência quanto à política cambial de Pequim. Esperem: onde é que já ouvimos tudo isto? Exacto. Pela voz de Obama ou membros da sua administração. O GOP não tem agenda internacional que se distinga, nem sequer um rasgo político digno de ser trabalhado. Obama agradece, mas os eleitores não.

 

Hoje no Diário de Notícias

 



publicado por Bernardo Pires de Lima às 13:15 | link do post

Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

ah ah ah aha ah ah aha ha ah ah aha  ha ahah ahaha hah ah ah ah ah ah ah a hahah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah  [soluços] ah ah aha ha ah ah aha  ha ahah ahaha hah ah ah ah ah ah ah a hahah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah [limpar as lágrimas] ah ah aha ha ah ah aha  ha ahah ahaha hah ah ah ah ah ah ah a hahah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah [voltar a inspirar] ah ah aha ha ah ah aha  ha ahah ahaha hah ah ah ah ah ah ah a hahah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah...



publicado por Francisco Teixeira às 20:10 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O mais assustador é que Álvaro Santos Pereira LEU esta frase hoje de manhã no Parlamento: "2012, certamente, irá marcar o fim da crise e será o ano da retoma para o crescimento gradual de 2013 e 2014".



publicado por Francisco Teixeira às 16:43 | link do post | comentar

Manuel Pinho, Setembro de 2007. PIB: 2%

Álvaro Santos Pereira, Novembro 2011. PIB: - 1,5%


 



publicado por Francisco Teixeira às 15:54 | link do post | comentar | ver comentários (1)

O Ministro Álvaro parece apostado em redefinir o conceito de idiota útil. Como se não bastassem as hilariantes intervenções com que nos vai brindando vem agora anunciar o fim da crise para daqui a um ano.

Tudo isto tem de fazer parte duma estratégia arquitectada pelos especialistas em comunicação do Governo. E não está mal visto, não senhor. Enquanto a malta se ri dos dislates do bom do Álvaro esquece os dados do INE e afirmações acerca de emissões de moeda como esta preciosidade: “na Europa isso já aconteceu há largas dezenas de anos e a Europa viveu uma guerra muito forte por causa disso” (via Pedro Lains).

O problema é que isto de dizer barbaridades para distrair obriga a um constante crescendo, ou melhor, upgrade se não torna-se banal e ninguém liga. Ou muito me engano ou não tarda vamos ter o Álvaro a anunciar a descoberta da fusão a frio ou mesmo a descida do desemprego para 2013.



publicado por Pedro Marques Lopes às 15:52 | link do post | comentar

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds