Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

Caro Francisco, para sinais, confesso, preferia uns parecidos com esses dos medicamentos (com pouca eficácia, como todos sabemos) e das pensões do que não viajar em executiva. Gostos.   

Agora, mais a sério. Este tipo de medidas além de não terem qualquer tipo de relevância económica voltam-se sempre contra quem as aplica. É que nunca são consistentes. Não tarda vamos ter pedidos populares do género dos que aqui abaixo enunciei. Vai uma apostinha de que daqui a uns meses, quando as coisas apertarem, ainda vamos ouvir falar do Falcon? E, já agora, ficará no Íbis lá do sitio ou num cinco estrelas?

Se o meu PM não viaja em executiva, quem deve viajar nessa classe? Se o meu PM não deve ficar num 5 estrelas, quem deverá ficar?

Depois, convém não esquecer que o cargo de Primeiro-Ministro não é propriamente semelhante ao de director duma empresa qualquer, exige dignidade institucional e um conjunto de prerrogativas ligadas não só às funções de representação mas, sobretudo, ao carácter único da função. Eu quero que o meu PM viaje no melhor lugar possível para que possa ir trabalhando e não seja incomodado por outras pessoas, quero que chegue o mais descansado possível a reuniões sempre importantes, quero – já que ganha miseravelmente – que possa, ao menos, ter algumas benesses paralelas que o façam ser mais produtivo.

Já vimos demasiadas vezes estas tonterias de executivas e coisas que tais. Não querem dizer rigorosamente nada. Para o meu PM o melhor, também exijo o melhor dele.

Entretanto, vou esperando propostas do género:”os ministros vão passar a vestir na Rua dos Fanqueiros e a almoçar na tasca da Ti Gertrudes”. Mas aí é diferente, o povo não os vê nem no Rosa e Teixeira, nem no Gambrinus.

Como dizia o outro: não me emprenhem pelos ouvidos.



publicado por Pedro Marques Lopes às 21:13 | link do post

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds