Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

 

As europeias trouxeram uma semi-surpresa, a vitória de Paulo Rangel. Surpresa, porque as sondagens nos garantiam a vitória do PS. Não surpresa, porque Vital se revelou um tremendo erro de casting e porque só miraculosamente Sócrates passaria incólume à crise e ao clima de contestação social. E agora? Sócrates será sempre preso por ter cão e por não ter. Se persistir na atitude sobranceira, arrogante, pouco dialogante e por vezes autista que caracterizou o seu mandato – apesar de várias boas medidas – não conseguirá seduzir o eleitorado descontente. Se ceder e apostar num timbre benevolente, as suas palavras não deixarão de soar a cedências eleitoralistas. No fundo, o primeiro-ministro está preso no labirinto autoritário que ele próprio criou.
Neste momento, a maioria absoluta não é mais de que uma quimera, um desejo nascido da utopia de quem não quer ver nem sentir o país. E mesmo a vitória socialista já não é um dado adquirido. Só vos peço, senhores ilustres políticos, que esqueçam o Bloco Central. Guerras de bastidores já as há nos corredores de São Bento, o país não precisa delas debaixo da mesa dos conselhos de ministros. E, se os políticos não fossem crianças birrentas que fazem um esforço titânico para estar sempre em desacordo mesmo que estejam de acordo, seria perfeitamente possível governar com estabilidade em maioria relativa. Cresçam, caros deputados – obviamente que há muitos que já são adultos. Não sejam crianças. Não interessa de quem é a bola, como nos tempos do futebol de bairro. O país é um bocadinho mais importante do que as vossas birras e esforços para parecerem diferentes uns dos outros.
 

 

José Fialho Gouveia



publicado por Bernardo Pires de Lima às 17:15 | link do post

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds