Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

 

Quando há dias o aiatola Khamenei escolheu um dos lados que divide a sociedade iraniana, estava implicitamente a sentenciar o início do fim daquela teocracia tal como a conhecemos. O seu “poder divino”, ao declarar o vencedor, exasperou não só aqueles que há onze dias se manifestam nas ruas pelo reconhecimento do seu voto e da sua importância no destino do Irão, como afectou as diversas sensibilidades que compõe os complexos órgãos do regime (Khatami, Montazeri, Larijani, Rafsanjani). Por outras palavras, foi posta em causa a legitimidade hierárquica da teocracia: os mais novos, sobretudo as mulheres, querem política terrena, não divina; querem respeito e relevância, não desprezo nem o controlo do seu telemóvel; preferem a imagem externa do “seu Irão” ao populismo trauliteiro de Ahmadinejad.
Mas não é só por dentro que o regime pode ter encontrado o seu beco. No plano externo, as principais potências optaram por uma conduta perfeitamente realista e contida. Confesso que aplaudo a iniciativa e espero que Obama, Brown ou Merkel não entrem numa espiral lacrimejante de recados para Teerão. Soa a cinismo realista? Ainda bem. Se permitir prolongar no tempo uma mudança do regime vinda do seu interior, melhor: a impulsividade nunca foi boa conselheira. Mais: aqueles que agora querem patrocinar uma mudança de regime são os mesmos que criticaram Bush pelas suas aventuras idealistas. Convinha, hoje, manter alguma coerência e deixar que Obama continue a mostrar que não é mais do que um realista clássico. Bem-vindo ao clube.
 
Hoje no i.


publicado por Bernardo Pires de Lima às 17:25 | link do post

Bernardo Pires de Lima

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Livros
- Blair, a Moral e o Poder

Jornais / Revistas
- DN
- The Majalla Magazine

Academia
- IPRI
Pedro Marques Lopes

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Rádio
TSF
- Bloco Central

Jornais
- A Verdade
- DN
Lei da bola

Televisão
- Eixo do Mal
- Produções Fictícias
Francisco Proença de Carvalho

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Televisão
Económico TV
- Conselho Consultivo - 3ªs, 9.30h,

Rádio
Rádio Europa
- Descubra as Diferenças

Outros Blogs
- 31 da Armada
Francisco Teixeira

ver perfil
ver CV
ver posts

O que ando a fazer

Jornal
- Diário Económico

Academia
- ISCSP
posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds