Quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

Começámos com "sacrifícios forçados" (corte no 13º mês), vieram os "murros no estômago" (Moody´s meteu o 'rating' no "lixo"),  os "desvios" que obrigarão a um esforço colossal (versão não oficial mas que mais agrada ao ministro das Finanças), passámos pelo medo de que os "tumultos" saiam à rua e terminámos nos buracos "graves e inadmissíveis" que nasceram na Madeira. Tivemos muito ministro das Finanças, um primeiro-ministro assertivo, um ministro dos Negócios Estrangeiros acima da média, bons sinais na Saúde e Educação, finalmente sinais na Justiça, muita contenção no MAI e um bom reacerto depois de um mau começo no Ambiente e Agricultura. Na Segurança Social a coisa tem corrido bem. Resta a chave que pode abrir o túnel: o ministro que tem mundo mas a quem falta país. Espero que haja tanto Álvaro nos próximos 100 dias como houve Gaspar nos últimos 100.



publicado por Francisco Teixeira às 11:03 | link do post | comentar

14 comentários:
De João a 28 de Setembro de 2011 às 21:23
Mas quem é esta criatura a quem deverão a pagar para dizer estas anormalidades ? E quem é que no Sapo selecciona estas coisas ? Bem me parece que vou ter que procurar outra home page. Esta gente não anda no mesmo autocarro que eu, nem deve até, viver no mesmo Portugal que eu.


De Wishmaster a 29 de Setembro de 2011 às 00:44
"Tivemos muito ministro das Finanças"???
Tivemos um aborto das finanças quer o Sr. dizer.

Por acaso estudou economia e finanças públicas...? Se estudou, não aparenta...
Ressalvo que as medidas (se é que foram tomadas algumas medidas "com cabeça" e que realmente surtam efeitos positivos) apenas atasarão a economia...
E não é preciso ler muito de economia para o perceber...Leitura de Gregory Mankiw e Samuelson, aconselha-se, porque o desempenho tanto do ministro das finanças como da economia, merecem reprovação, independentemente da cor política do reprovador..........mas é natural ver este tipo de pensamento e artigos pela blogosfera, é consentâneo com a ignorância torpe do país, que assim continuará pela eternidade....


De Francisco Teixeira a 29 de Setembro de 2011 às 11:34
Há coisas na vida que, por serem demasiado simples, dispensam manunais: gastar mais do que se tem e dever mais do que se pode pagar dá sempre asneira. Da grossa. Foi aqui que a coisa chegou.


De Alex a 29 de Setembro de 2011 às 00:45
O Francisco votou neles, não foi??? Agora vivemos outra vez no oásis?


De Manuel Lopes a 29 de Setembro de 2011 às 08:10
Gostava de saber quais os bons sinais na saúde e na educação. Sim claro na educação a mesquinhez de ao mesmo tempo que se agacha despudoradamente aos sindicatos, abdicando duma avaliação a sério dos Profs. , tira o prometido e expectável aos melhores alunos das escolas públicas. Também tirou os computadores, ferramenta absolutamente essencial, aos novos alunos. Aumentou o número de aulas de duas disciplinas esquecendo que nos dias de hoje o inglês é preciso como do pão para a boca. É preciso ser besta. Só mais um apontamento: a snr . Cristas ao fim de "pentear" o seu super ministério e da rábula das gravatas diz em solene conferência de imprensa que vai poupar cinco! milhões!!!A gordura pariu um rato. Tenha dó senhor articulista...abra os olhos e o espírito se possível .


De Marc a 29 de Setembro de 2011 às 09:28
Não brinque com as palavras, o caminho que seguimos com estas politicas levam-nos ao precipício. Ninguém consegue pagar as suas dividas se não tiver rendimentos para isso. Nenhum país evolui se tiver uma educação miserável e uma saúde doente! Não sei o que o Sr. tem estado a ver de bom neste governo, mas eu só vejo politicas do corta corta e ainda por cima em coisas que ainda mais arruinarão o país. Tenha dó, não somos todos néscios!


De EL LOCO a 29 de Setembro de 2011 às 11:32
MAS ESTA GENTE QUE COMENTA O COMENTÁRIO VIVE ONDE ? POR ACASO ELES SABEM QUE SE DEVEREM E TIVEREM DE PEDIR UM EMPRESTIMO E NAO PAGAREM NAO TEM UMA UNICA CONDIÇÃO DE CONTINUAR A FUNCIONAR ? CONTINUAM A ALVITRAR SOLUÇÕES IDIOTAS, TIPO BLOCOS DE ESQUERDA E AFINS. OS NOVOS INTELECTUAIS BARATOS NA NOSSA PRAÇA...E ENVERGONHADOS DE SEREM DO PC, QUE AO MENOS É COERENTEMENTE DESAJUSTADO.

AI MINHA MAE QUE NÃO HÁ VOLTA A DAR A ESTA GENTE.

HÁ UMA COISA QUE DEVEM EXIGIR: A CABEÇA DOS LADRÕES INSTALADOS EM ORGANISMOS, TIPO BOYS E QUE SE "AMANHARAM E AMANHAM" DE QUALQUER FORMA. SOBRE ESTES ORGANISMOS É QUE HÁ QUE TER VIGILANCIA. EISTO ERA A SOLUÇÃO. QUANTO AO BLOG: OS MINISTROS QUE TRABALHEM SEGUNDO AS PROMESSAS QUE FIZERAM.

TEMPO DE MUDAR ESTA EUROPA PODRE DE ALEMAES "PODREMENTE" RICOS TAMBEM.


De rosa rosita a 29 de Setembro de 2011 às 12:03
As gorduras do estado tem que ser cortadas, Não há volta a dar. Em relação a economia estamos falados :)
Tive os meus dois filhos no hospital público, é nos centros de saúde que tenho as suas consultas, minhas e do meu marido, sempre que recorri ao hospital fui sempre atendida, com atrasos, mas fui sempre bem atendida. Os meus filhos andam na escola pública, aprendem, almoçam e brincam na escola. Razões de queixa, talvez situações pontuais, mas no final dou a estes dois serviços prestados pelo estado, nota 18. Os dois pontos que faltam para perfazer os 20, é apenas para os motivar a fazerem cada vez mais. A mim só me resta a continuar a trabalhar, fazer a minha parte e aproveitar este sol magnífico que temos.


De kabédapollo11 a 29 de Setembro de 2011 às 11:28
Quem disse a esse senhor, que Gregory Mamkiw e Smuelson é que estão certos? Se este ministro deas finanças tem aparecido mais cedo, o pais estava melhor. O nosso mal foi ter o PS 15 anos no poder!!!


De Sérgio de Almeida Correia a 29 de Setembro de 2011 às 11:37
Bom, isso permite concluir que o Governo ainda devia ser mais pequeno, já que pela sua análise o ministro Relvas também é uma espécie de Rolex (um adereço que não atrasa nem adianta).


De Francisco Teixeira a 29 de Setembro de 2011 às 11:51
Não conclua....não falei, propositadamente, dos dois ministros mais políticos do PSD: Miguel Relvas e Aguiar-Branco. A avaliação dos dois chegará.


De Emanuel Lúcido a 29 de Setembro de 2011 às 12:06
Que bons sinais é que há na Educação? Bem pelo contrário! Remeta-se à sua ignorância... Nem escrevo mais, pois é por causa de burgueses como você que este país está neste estado.
Perdi o meu tempo aqui.


De Anónimo a 29 de Setembro de 2011 às 12:14
Este pessoal que aqui escreve (não me refiro aos que comentam) faz parte da oligarquia instalada ou, pelo menos, dos novos ricos ou burgueses que não têm a mínima vergonha da sua origem. Metem nojo.
Se me pedirem, dou o meu contacto pessoal para discutirmos ideias.


De Olivas a 29 de Setembro de 2011 às 12:51
Infelizmente não posso estar mais em desacordo com o POST. O Governo que prometia muito e rapidamente apanhou os piores tiques dos governos de Socrates.
Confesso que votei neles e confesso que não estava iludido. Mas é muito pior do que se podia imaginar.


Comentar post

posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds