Quinta-feira, 15 de Novembro de 2012

A Ordem dos Advogados e Amnistia Internacional criticaram a intervenção da PSP, depois de terem estado uma hora a levar com pedras. Só podem ter mudado as siglas. Porque a Polícia, ainda bem, continua a ser de Segurança Pública.



publicado por Francisco Teixeira às 20:13 | link do post | comentar

6 comentários:
De André a 16 de Novembro de 2012 às 01:03
Se passares na lusófona dão te um mestrado de palhaço.


De Atento. a 16 de Novembro de 2012 às 01:10
Chamar arruaceiros a idosos e mulheres de meia idade é no mínimo anedótico.


De André Salgado a 16 de Novembro de 2012 às 04:57
Sejamos rigorosos.

A Amnistia Internacional criticou a intervenção da PSP, depois de terem estado uma hora (até foi mais) a levar com pedras.

Embora não me pareça que se tenha passado nada de escandaloso no que é o resultado expectável de uma intervenção policial desta natureza, algumas coisas merecem dúvidas legítimas: se o problema era meia-dúzia de delinquentes perfeitamente identificados, como foi dito pelo MAI, por que razão não foram eles isolados e neutralizados (com a ajuda dos agentes à paisana, que é para isso que servem) em vez de se varrer a eito toda a gente da praça? O que até se revelou contraproducente, espalhando a destruição dos meninos pelas ruas adjacentes. As imagens mostram várias bastonadas indiscriminadas, despropositadas e afinfadas pelas costas, a cidadãos assustados, que não ofereciam qualquer perigo ou resistência e só queriam fugir dali.

A Ordem dos Advogados criticou outra coisa, bem diferente. As detenções posteriores, as condições em que foram efectuadas e o acesso que terá sido ilegalmente negado aos advogados dos detidos. Outra loiça.


De Anónimo a 16 de Novembro de 2012 às 11:56
Caro boy do governo:

1. Tendo a PSP agentes treinados para o efeito, porque esperaram tanto tempo para intervir e para isolar os manif's violentos? Saberá você que violaram a Lei, ao não evitarem, em tempo útil, a destruição do bem público? Lei o Cód. Penal, informe-se.

2. Saberá você o que diz a Constituição, a Convenção dos Direitos Huamnos e a Carta Europeia dos Direitos do Homem? Se não sabe, leia, antes de defender detenções ilegais, supressão dos direitos constitucionais e violência gratuita.

3. Gostaria você de viver num país totalitário, em que as pessoas possam ser detidas sem conhecer os factos de que estão acusados, sem acesso a advogado e sem serem acusados, em que possam ser agredidas e os agressores permenecer impunes? Pelos vistos sim. E ficamos conversados sobre a sua costela democrática e sobre os seus valores...


De Anónimo a 16 de Novembro de 2012 às 11:59
mais uma pergunta: se a polícia é de segurança pública, porque colocou em causa a segurança pública, ao agredir de forma gratuita velhos e crianças? se é para proteger o bem público, porque esperou mais de uma hora para impedir os agressores do bem público, que destruiam a calçada? quem foi protegido e defendido pela violência policial? o seu patrão claro, que está cada vez mais isolado e a dar cabo do país...


De S. Bagonha a 26 de Novembro de 2012 às 19:17
Ora assoa-te lá a este(s) guardanapo(s) ó Teixeira, para ver se aprendes que quando não se tem nada de jeito para dizer vale mais ficar calado.


Comentar post

posts recentes

"Não há bem que sempre du...

Não gosto de despedidas, ...

Au revoir

Fim

A questão alemã (II)

Dizia Amaro da Costa com ...

Razão e ambição

Autopunição

A Constituição

Sonho eterno

arquivos

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

bernardo pires de lima

bpn

cavaco

francisco proença de carvalho

francisco teixeira

nato

pedro marques lopes

presidenciais

ui

uniao de facto

todas as tags

subscrever feeds